300 migrantes desembarcam em Parque Nacional dos EUA

Região de Florida Keys tem visto aumento no número de migrantes chegando em barcos

Na segunda-feira, 2, o Parque Nacional Dry Tortugas, em Florida Keys, EUA, foi fechado depois que 300 imigrantes desembarcaram no local no fim de semana. De acordo com as autoridades a maioria dos migrantes é de Cuba e o fechamento temporário acontece para que seja prestada a assistência necessária aos migrantes antes de serem transferidos para Key West.

Em comunicado, a administração do parque informou que “o fechamento, que deve durar vários dias, é necessário para a segurança dos visitantes e funcionários devido aos recursos e espaço necessários para atender os migrantes”.

Recentemente, a região de Florida Keys viu um aumento no número de migrantes que chegam de barco em busca de asilo, sendo a maioria originária de Cuba. No domingo, 1, outros 160 migrantes desembarcaram em 10 embarcações na região, de acordo com o Patrulheiro Chefe do Setor de Miami de Patrulha de Fronteira dos EUA, Walter N. Slosar. Segundo ele, no sábado, 31, foram encontrados pelo menos 88 migrantes cubanos em cinco barcos.

As equipes da Patrulha de Fronteira e da Guarda Costeira dos EUA que patrulham o sul da Flórida têm experimentado uma alta nas migrações por barco, com centenas de interceptações nos últimos meses, principalmente de migrantes de Cuba e Haiti.

De acordo com o Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA (CBP), em novembro de 2022 pelo menos 1.122 migrantes sem documentos foram interceptados no Setor de Miami, sendo que 1.038 eram de Cuba, de um total de 283.189 migrantes interceptados em todo o país.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
fevereiro 2023
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados