Autoridades do México identificam quase 6 mil migrantes irregulares em dois dias

Mais de 2,1 milhões de migrantes tentaram entrar nos EUA pela fronteira com o México no ano fiscal de 2022

De acordo com um comunicado do Instituto Nacional de Migração do México (INM), publicado no domingo, 9, quase 6 mil migrantes foram identificados em dois dias. De acordo com o órgão, apesar dos trabalhos para deter as redes de traficantes humanos, houveram mortes em um acidente rodoviário envolvendo um veículo que transportava migrantes ilegalmente.

O INM informa que em dois dias identificou um total de 5.796 migrantes que não puderam comprovar sua permanência regular no México. Ainda segundo informações do Instituto, na sexta-feira, 7, foram identificadas em todo o país 2.734 pessoas em situação, enquanto que no sábado, 8, outras 3.062 pessoas foram registradas.

De acordo com o Instituto, fica evidente nas ações de localização das redes de tráfico que os migrantes são transferidos sem nenhuma preocupação dos traficantes de pessoas com sua saúde ou segurança. “Foi assim na última quinta-feira na rodovia Acayucan-La Tinaja, no estado de Veracruz, quatro pessoas morreram em um acidente e oito ficaram feridas”, afirma o comunicado.

Segundo o INM, no sábado, 8, na mesma rodovia, agentes federais indicaram a parada para um motorista que conduzia um veículo do tipo torton, o qual, para evitar a inspeção, acelerou e jogou o caminhão em um agente de imigração. O motorista saiu da estrada e abandonou o caminhão e as pessoas. Dentro do veículo estavam 44 migrantes de Cuba, Guatemala, El Salvador, Nicarágua e Equador, que não puderam comprovar sua permanência regular em território mexicano.

Mais dois incidentes ocorreram em Arriaga, Chiapas, quando agentes do INM, durante ações de verificação, pediram a dois grupos de migrantes que comprovassem seu status regular no país, ao qual reagiram violentamente e feriram dois agentes do instituto com pedras.

Os migrantes, principalmente das Américas Central e do Sul e do Caribe, atravessam o México com a ajuda de traficantes para chegar até a fronteira com os Estados Unidos, onde tentam entrar de forma irregular, caminhando pelo deserto. No ano fiscal de 2022, que terminou em 30 de setembro, mais de 2,1 milhões de migrantes irregulares foram apreendidos ao tentarem fazer a travessia, em dados que contemplam até o mês de agosto.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados