Autoridades francesas impedem mais de 100 migrantes de cruzar o Canal da Mancha

Desde janeiro de 2022, mais de 40.000 migrantes já cruzaram o Canal da Mancha até o Reino Unido

Na terça-feira, 29, autoridades francesas resgataram 61 migrantes de um bote, entre eles crianças pequenas, no Canal da Mancha. No mesmo dia, a polícia francesa já havia impedido que cerca de 50 imigrantes tentassem cruzar o Canal da Mancha até o Reino Unido.

De acordo com Equipes de resgate no porto de Boulogne, para onde os imigrantes foram levados, pelo menos 30 pessoas tiveram que ser retiradas das águas geladas quando tentavam deixar seu bote de borracha e subir a bordo de um navio de resgate francês.

Segundo os migrantes a bordo do bote, estavam a bordo cidadãos afegãos, indianos, iranianos e paquistaneses. De acordo com informações das autoridades francesas, o resgate ocorreu cerca de uma milha náutica dentro das águas territoriais britânicas.

Mais cedo, no mesmo dia, cerca de 50 imigrantes foram impedidos de cruzar o Canal da Mancha pela polícia francesa. Em novembro de 2021, uma embarcação que cruzava o Canal da Mancha, em direção ao Reino Unido, naufragou, resultando na morte de 27 pessoas, perto da costa de Calais, na França. Na terça-feira, 29, um homem foi preso por envolvimento no incidente.

De acordo com o Ministério do Interior britânico, em 2022 mais de 40.000 migrantes já cruzaram o Canal da Mancha em direção ao Reino Unido. Em 2021, o total foi de 28.526 cruzamentos, contra 8.404 em 2020. A maioria dos migrantes é da Albânia e Afeganistão, segundo o Ministério.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
fevereiro 2023
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados