Criança morre em barco com migrantes a caminho da Espanha

A embarcação resgatada transportava 27 pessoas e partiu da costa africana

Segundo informou a Guarda Costeira espanhola na sexta-feira, 15, duas pessoas, uma delas uma menina de quatro anos, morreram a bordo de um barco de migrantes que tentava chegar ao arquipélago espanhol das Ilhas Canárias.

Os corpos estavam a bordo de uma embarcação precária que transportava 27 migrantes. O barco partiu da costa africana e foi recuperado perto de Lanzarote, uma das sete ilhas do arquipélago espanhol.

De acordo com a Guarda Costeira espanhola, quando um barco de pesca se aproximou na quinta-feira para prestar ajuda, a tripulação notou a presença dos dois mortos. No momento, uma terceira pessoa “reclamava de dor no peito” e foi retirada de helicóptero, acrescentou a instituição.

De acordo com ONGs, o número de mulheres e crianças que fazem a travessia por essa perigosa rota para as Ilhas Canárias está aumentando cada vez mais. Em março de 2021, uma menina malinense de dois anos morreu após vários dias em um hospital nas Ilhas Canárias e causou grande comoção em todo o país. Ela havia feito a travessia do continente africano em um barco que transportava 52 migrantes, incluindo sua mãe e irmã.

Entre 1 de janeiro e 15 de julho chegaram às Canárias pelo menos 9.300 migrantes, 27% a mais do que no mesmo período de 2021, segundo dados do Ministério do Interior espanhol. As chegadas por mar, no entanto, diminuíram desde meados de março, após a normalização das relações diplomáticas entre Espanha e Marrocos, de onde parte a maioria dos migrantes.

Em 2021, mais de 40.000 migrantes chegaram por mar à Espanha continental, às Ilhas Canárias e ao arquipélago mediterrâneo das Baleares, muitos deles vindos do Marrocos. De acordo com a organização Caminando Fronteras, pelo menos 4.404 migrantes morreram ou desapareceram no mar em 2021 enquanto tentavam chegar à Espanha.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados