Encontro regional em Caxias do Sul

Aconteu durante os dias 02 e 03 de julho, no Centro de Eventos San Carlo, junto ao complexo do Instituto São Carlos, em Caxias do Sul, RS, o encontro regional com as irmãs das comunidades: Colégio Scalabriniano N. Sra. Medianeira – Bento Gonçalves, São Carlos – Caxias do Sul, N. Sra. de Lourdes – Farroupilha, Sagrada Família – Caxias do Sul, Instituto São Carlos – Caxias do Sul, São José – Caxias do Sul e Imaculada Conceição – Caxias do Sul.

Vinte e seis irmãs vivenciaram durante os dois dias o encontro animado por Ir. Maria Lélis da Silva, Superiora Provincial, e Ir. Alda Mônica Malvessi, Primeira Conselheira e responsável pela Região Sul do Brasil. A elas coube dar início ao encontro através da dinâmica de integração.

O colaborador scalabriniano Dirceu Cutti, abordou a vida do Bem-aventurado João Batista Scalabrini e convidou para que as irmãs presentes mergulhassem nas várias facetas de nosso fundador, salientando aspectos, até então desconhecidos, diante de suas dores e dissabores na trajetória como bispo de Piacenza e fundador das Congregações masculina e feminina. Destacou Scalabrini como mártir do cotidiano à luz da leitura das entrelinhas de suas cartas e a contextualização da época no ritmo dos acontecimentos da Igreja e dos entornos políticos europeus.

A Psicóloga Fabiane Lorandi Pasa, durante a tarde de sábado, conduziu o grupo na reflexão da temática de integração pessoal e interpessoal. Abordou elementos práticos, apontando para os relacionamentos externos e internos, ilustrando a temática com dinâmicas de reflexão e partilha da cotidianidade comunitária.

Na manhã de domingo, Ir. Nelí Basso conduziu o grupo para o tempo de oração através da Leitura Orante da Palavra de Atos 3, 1-10: O episódio da cura do coxo de nascença na porta Formosa do templo de Jerusalém por Pedro e João. Pela força do testemunho de ambos, embora não pudessem dar o ouro e a prata que molduram a grande entrada, podiam em nome de Jesus Cristo, conceder o grande desejo da liberdade de caminhar ao coxo. Quatro verbos: olhar, falar, tocar e levantar envolveram a meditação e a oração das situações que paralisam as comunidades, os Pedros e Joãos das comunidades, as molduras das portas de ingresso das comunidades, o lugar onde fixamos o olhar como consagradas, os outros e pratas de nossas comunidades.

O encontro foi finalizado com a Celebração Eucarística presidida por Frei Nédio Pértille, ofm. As Irmãs participantes louvam e bendizem ao Senhor pela riqueza do encontro, pelos momentos de partilha e conhecimento mais amplo de Scalabrini.

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados