Igreja manifesta orações pela saúde do Papa Emérito Bento XVI

Papa Francisco pediu orações pela saúde do Papa Emérito após a Audiência Geral de quarta-feira, 28

O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, afirmou nesta quinta-feira, 29, que, apesar de grave, o estado do Papa Emérito Bento XVI é estável. “O Papa emérito conseguiu descansar bem ontem à noite, ele está absolutamente lúcido e alerta”, disse Bruni a jornalistas.

Matteo Bruni ainda informou que “o Papa Francisco renova seu convite a rezar por ele e a acompanha-lo nestas horas difíceis”. Na quarta-feira, 28, ao final da Audiência Geral, Francisco pediu aos fiéis presentes na Sala Paulo VI que orassem pelo Papa Emérito. “Recordamo-lo, ele está muito doente, pedindo ao Senhor que o console e o sustente neste testemunho de amor à Igreja até o fim”, disse o Pontífice na ocasião.

Após a Audiência Geral de quarta-feira, o Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, confirmou o agravamento da saúde do Papa emérito, “devido ao avanço da idade”. Ele afirmou, ainda, que, após a Audiência Geral, “o Papa Francisco foi ao mosteiro Mater Ecclesiae para visitar Bento XVI. Nós nos unimos a ele na oração pelo Papa Emérito”.

Após o pedido do Papa Francisco, diversas manifestações de apoio e oração vieram de várias partes do mundo. Do Brasil, a Arquidiocese do Rio de Janeiro manifestou suas orações pelo Papa Bento XVI: “A Arquidiocese do Rio de Janeiro acolhendo o pedido do Papa Francisco, se une à Igreja do mundo inteiro para rezar pelo Papa Emérito Bento XVI”.

Entre as manifestações de orações, também estão o Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), a Igreja Católica Armênia e a Igreja Greco-Católica Ucraniana, que expressaram sua proximidade e afeto pelo Papa Emérito Bento XVI.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
fevereiro 2023
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados