III Capítulo da Província Maria, Mãe dos Migrantes: Discípulas missionárias, geradoras de esperança!

As Irmãs Missionárias Scalabrinianas, da Província Maria, Mãe dos Migrantes – Região América Latina e África – estarão reunidas no III Capítulo Provincial nos dias 26 a 30 de novembro de 2022, em São Leopoldo/RS.

O III Capítulo tem como tema: “Discípulas missionárias, alegres e fecundas na missão, geradoras de esperança” e como lema: “Eis que vou fazer uma coisa nova, ela já vem despontando: não a percebeis? Abrirei um caminho no deserto e rios em lugares ermos” (Is 43,19). As 74 irmãs participantes são oriundas de todos os países onde estamos atuando na América Latina e África.

Estes serão dias de encontro, partilha e, acima de tudo, tomada de decisões para melhor concretizar a missão junto aos migrantes e refugiados. Que Deus, por intercessão de São Scalabrini e São Carlos Borromeo, acompanhe, ilumine e abençoe as Irmãs participantes.

Acompanhe por aqui, as notícias deste III Capítulo:

Sábado: 26/11

É dia de chegar!!!
É hoje!!! Sim, é hoje que inicia o III Capítulo! A chegada é sempre motivo de encontro, saudades, expectativas e, acima de tudo, de alegria!
As Irmãs chegam de diferentes países onde estão atuando como missionárias e trazem na bagagem lindas experiência para serem contadas, cantadas, rezadas, partilhadas.
Confere aí o momento da chegada de alguns grupos e os momentos iniciais do Capítulo!

Domingo: 27/11

Este dia de Capítulo das Irmãs Scalabrinianas, Província Maria, Mãe dos Migrantes (América Latina e África), foi marcado pela abertura oficial do mesmo, com o tema de reflexão foi: Scalabrini, homem da unidade e comunhão. A Celebração Eucarística presidida por Dom Jaime Spengler, Arcebispo da Arquidiocese de Porto Alegre/RS, marcou o início do Capítulo. Em sua homilia, D. Jaime nos lembrou que estar “reunidas em Capítulo” requer estarmos preparadas para fazer aquilo que o Senhor nos fala; recordar o passado, avaliar o presente e abrir-se ao futuro; é tempo de levantar a poeira e pôr-se a caminho. Nos recorda que o Capítulo é uma oportunidade privilegiada para superar toda forma de comodismo, indiferentismo, imobilismo, conformismo, formalismo, intelectualismo. É tempo de despertar, despojar-se e resgatar a experiência da bondade de Deus.

Ir. Neuza de Fátima Mariano, Superiora Geral, na pessoa da Conselheira Geral Ir. Janete Ferreira, deixou suas palavras de apoio e incentivo para o bom andamento do Capítulo. Motivou a cada Irmã a viver intensamente este momento particular para a província, olhando para o futuro com otimismo, porque grandes são as oportunidades e as possibilidades presentes na história, hoje e no futuro, do carisma scalabriniano. Lembrou que o capítulo é um evento de escuta, acolhida e de graça, neste momento da história.

Na alocução de abertura, a Superiora Provincial, Ir. Maria Lélis da Silva, destaca elementos importantes para a vivência de nossa consagração: “Somos chamadas à gratidão em todas as circunstâncias e a formar a nossa sensibilidade para perceber os sinais da graça de Deus presente em tudo e, como mulheres seguidoras de Jesus Cristo, somos convidadas a estabelecermos relações humanas integradoras, acolhendo as diferenças como riquezas que nos convidam a sair de nossos padrões, valorizando-as, para descobri a beleza das outras culturas, vivendo, na prática cotidiana, a sinodalidade.”

Finalizou seu discurso, declarando a abertura oficial do III Capítulo, nestas palavras: “Em atitude de mulheres Consagradas, coloquemo-nos diante de Maria, a Mãe dos Migrantes, suplicando-lhe que mantenha acesa, em nós, a luz e a beleza da centralidade de Jesus Cristo, nas fadigas e alegrias de cada dia, com profecia e nosso jeito próprio de ser Scalabrinianas. Atentas para colocar-nos sempre diante do Senhor para discernir Sua vontade sobre a Província, “tendo em nós os mesmos sentimentos de Cristo Jesus” (Fl l2,5) para oferecer um serviço generoso e integral aos migrantes, despertar vocações e ser sinal de esperança no mundo”.

O Capítulo continuou com a apresentação do processo realizado para a consolidação da Província Maria, Mãe dos Migrantes, bem como, destaque para os desafios, aspectos de atenção e prioridades da PMMM.

As Irmãs: Inês Facioli, apresentou a caracterização da Província, Alegria de Seguir Jesus Cristo, área da Formação, Irmã Analita, Alegria de servir aos migrantes e refugiados, área da Missão Apostólica, Irmã Vicentina, Alegria de partilhar, área da Administração e Economia, Irmã Ana Conceição, Alegria de profetizar e reorganização interna, Irmãs Carolina e Jucelia, Alegria de Celebrar e Irmã Alda, destacando as atividades realizadas, pontos positivos, pontos que merecem atenção e perspectivas durante este quadriênio de gestão.

As Irmãs capitulares tiveram a oportunidade de partilhar as ressonâncias das apresentações, dando destaque para a caminhada realizada e a projeção para os próximos 4 anos.

Momentos fortes de espiritualidade Scalabriniana marcaram o dia. Acompanhe alguns destes acontecimentos, através de nossas fotos.

Segunda-feira: 28/11

Hoje foi dia de discernimento e oração para a eleição da Superiora Provincial. Ao final do dia, veio a alegre notícia:

Terça-feira: 29/11

Eleito o Governo da Província Maria, Mãe dos Migrantes! Parabéns e que Deus as conduza, por intercessão de nossos Santos: São João Batista Scalabrini, São Carlos, Bem-Aventurada Assunta Marchetti e Venerável Pe. José Marchetti.

Da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados