IMDH emite mensagem em apoio e defesa de adolescentes e comunidade venezuelana

O Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH), instituição das Irmãs Scalabrinianas, emitiu uma nota como forma de apoiar e defender, especialmente, as adolescentes venezuelanas e, como um todo, a comunidade venezuelana que vive no Brasil. O comunicado é uma iniciativa de Ir. Rosita Milesi e da Equipe IMDH, de Brasília-DF, em resposta a falas do Presidente da República que circularam nos últimos dias.

As expressões utilizadas pelo Presidente geraram grande preocupação das organizações que trabalham com a população venezuelana no Brasil, além de terem afetado a comunidade venezuelana como um todo. “Nunca identificamos indícios de redes de prostituição ou de exploração sexual infantil envolvendo essas pessoas”, ressaltou o IMDH em nota. As falas, para a instituição, “estigmatizam a população venezuelana no Brasil e contribuem para a construção de estereótipos falsos sobre migrantes e refugiados.”

Leia a nota completa no link: migrante.org.br/destaques/mensagem-de-apoio-e-em-defesa-das-adolescentes-e-de-toda-a-comunidade-venezuelana-imdh/

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados