Indígenas venezuelanos acolhidos no Brasil ultrapassam os 7.000, afirma ACNUR

Com fluxo crescente desde 2014, atualmente 819 indígenas venezuelanos residem no Brasil em condição de refugiados e outros 2.430 tem permissão de residência temporária.

De acordo com estimativas do ACNUR, a agência da ONU para Refugiados, existem mais de 7.000 indígenas venezuelanos em território brasileiro. Atualmente, cinco etnias estão presentes no Brasil, vindas junto aos grupos de migrantes que buscam fugir da crise na Venezuela. Pelo menos metade dessa população é formada por crianças e adolescentes.

O fluxo de indígenas venezuelanos no Brasil é registrado desde 2014 e, desde então, cresce cada vez mais. Atualmente, dos 7.000 indígenas estimados pelo ACNUR, 819 foram reconhecidos como refugiados, enquanto outros 3.763 aguardam análise de seus pedidos e 2.430 indígenas possuem permissão de residência temporária no país.

Atualmente, a população indígena venezuelana que reside no Brasil é composta por cinco etnias: Warao (70%), Pemón (24%), Eñepá (3%), Kariña (1%) e Wayúu (1%). Esses grupos estão presentes principalmente nos Estado de Roraima, Amazonas e Pará, mas diversos grupos, principalmente da etnia Warao, se deslocam para outras regiões do país em busca de trabalho.

Migração e povos indígenas

Em 2021, durante a Campanha “Eu não, nós”, das Missionárias Scalabrinianas, para o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, foi realizada a transmissão “Migrações e povos indígenas”, em parceria com os Missionários da Consolata, que está disponível no YouTube.

O evento foi transmitido em espanhol, português e Warao e contou com a participação de migrantes e lideranças indígenas, entre eles José Lisardo Moraleda, Anibal Pérez, Fiorela Ramos, Nilda Moraleda, Leanny Torres, Deirys Ramos, Eulogio Baéz, Fidel Torres, Ainda Gómez, Biasy, Milly Yusneidy Rodriguez Rivero.

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
dezembro 2022
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados