Instituto Migrações e Direitos Humanos recebe insígnia da Ordem de Rio Branco

Nesta quarta-feira, 7, o Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH), das Irmãs Scalabrinianas, recebeu a insígnia da Grã-Cruz da Ordem de Rio Branco durante evento no Palácio do Itamaraty, em Brasília, DF. A condecoração, a maior conferida pelo Estado brasileiro, foi concedida pelo Conselho da Ordem de Rio Branco e entregue pelo vice-presidente da República.

A Diretora do Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH), Ir. Rosita Milesi, ao receber a comunicação de que o Instituto foi agraciado com a especial homenagem da insígnia de Rio Branco, manifestou sua alegria com esse reconhecimento.

“Expressamos nossa gratidão pela homenagem que o Governo brasileiro manifesta em reconhecimento pelos serviços e méritos do IMDH na atuação junto aos migrantes e refugiados, na promoção e defesa de seus direitos e em sua integração no País. A insígnia da Ordem de Rio Branco, que hoje é entregue pelo vice-presidente da República ao Instituto Migrações e Direitos Humanos, é antes de tudo uma homenagem aos próprios migrantes e refugiados por sua esperança e valentia no caminho em busca de vida, segurança e paz. É igualmente, uma homenagem a todas as pessoas que integram a família do IMDH – colaboradores, voluntários, instituições públicas e da sociedade civil, pessoas de boa vontade – que ajudaram a construir a história do Instituto. É, também, um reconhecimento à Congregação das Irmãs Scalabrinianas, incentivo e apoio para que suas unidades e serviços sejam presença acolhedora e eficaz onde o apelo dos migrantes e refugiados se torna um clamor humanitário. Apraz-me reportar aqui as palavras de uma colaboradora na missão do IMDH: ‘Esse momento reporta-me a São João Batista Scalabrini que através de seus missionários e missionárias mantém vivo o amor aos imigrantes e refugiados e sua voz continua a ressoar: “Levai onde quer que esteja um migrante o conforto da fé e o sorriso de sua pátria. Devemos sair do templo, se quisermos exercer uma ação salutar dentro do templo”. Parabéns Ir. Rosita extensivo a todos os amigos e amigas do IMDH! E colocando-me ao lado dos que recebem esse amor, com eles digo também OBRIGADA’. Concluo com a mais profunda prece de ação de graças a Deus pelas bênçãos com que o IMDH foi sempre agraciado em seu caminhar junto aos migrantes e refugiados”, expressou Ir. Rosita.

Ordem de Rio Branco

A Ordem de Rio Branco é uma condecoração concedida pelo Governo do Brasil com o objetivo de estimular ações e feitos digno de honrosa menção, ao passo que distingue serviços meritórios e virtudes cívicas.

O IMDH

O Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH), vinculado à Fundação Scalabriniana, foi fundado em 1999 com a finalidade específica de atender, apoiar e atuar na integração de migrantes e refugiados, marcando presença e fazendo caminho com eles e elas. Esta missão, herança de São João Batista Scalabrini, norteou integralmente o agir do IMDH, ao longo dos 23 anos de existência.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
fevereiro 2023
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados