Itália: navio humanitário recebe autorização para desembarcar 76 migrantes

Desde janeiro de 2022, cerca de 70 mil migrantes já chegaram à Itália pelo mar

De acordo com a ONG Médicos Sem Fronteiras, o Geo Barents, navio humanitário da organização, recebeu, nesta quinta-feira, 29, autorização para desembarcar no porto de Taranto, Itália, os 76 migrantes a bordo depois de quase 8 dias no mar.

Segundo a MSF, o navio, que está localizado ao largo da costa leste da Sicília, “terá que viajar por mais de um dia para chegar ao local de segurança designado”. No navio estão a bordo 18 menores desacompanhados.

Ainda de acordo com a MSF, pelo menos 10 pedidos de desembarque foram enviados para autoridades da Itália e de Malta, sem resposta. Após vários dias aguardando permissão, a ONG recebeu autorização da Itália para levar os migrantes, resgatados no Mediterrâneo Central, em segurança para a terra.

De acordo com o ACNUR, a Agência da ONU para os Refugiados, desde o início do ano, pelo menos 70 mil migrantes chegaram às costas da Itália através do Mediterrâneo, considerada uma das rotas migratórias mais mortais do planeta. Até o momento, mais de 1.200 migrantes já morreram ou desapareceram no Mediterrâneo em 2022.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados