Leia a mensagem da Superiora Geral das Irmãs Scalabrinianas pela Festa de São Carlos

Nessa sexta-feira, 4, é celebrada a festa de São Carlos Borromeo, padroeiro da Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo, Scalabrinianas. São Carlos foi exemplo de pastor zeloso, tendo se doado todo por seus fiéis durante a chamada “Peste Italiana” (1576-1577), que atingiu Milão, onde era Arcebispo. Naquele momento, a cidade foi abandonada pelos poderosos, deixando os pobres à mercê da própria sorte. Compadecido, São Carlos permaneceu na cidade, realizando visitas aos doentes, lavando suas feridas e dando-lhes os Sacramentos.

Após esse período de trabalho incansável, a saúde de São Carlos se debilitou. Fragilizado, ele foi atingido por uma forte febre e faleceu no dia 4 de novembro de 1584, aos 46 anos.

Em celebração à festa de São Carlos, a Superiora Geral das Irmãs Scalabrinianas, Irmã Neusa de Fátima Mariano, enviou uma mensagem às Irmãs, formandas, jovens e leigos, na qual recorda o padroeiro da Congregação. “São Carlos Borromeo amou a Igreja e deu tudo de si para lhe devolver o rosto da Esposa de Cristo, uma Esposa sem mancha e sem rugas”, lembrou ela. No texto, ela ainda recorda o Dia da Animação Vocacional na Congregação, o qual foi celebrado na quinta-feira, 3, com a Vigília Vocacional Scalabriniana.

A mensagem está disponível em português, espanhol e inglês, leia abaixo:

Da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados