Mais de 5.000 brasileiros detidos na fronteira dos EUA em maio

No ano fiscal de 2022, mais de 38 mil brasileiros já foram apreendidos tentando entrar no país

De acordo com dados do Serviço de Alfândegas e Proteção das Fronteiras dos EUA (CBP, na sigla em inglês), o número de imigrantes brasileiros barrados ou apreendidos na fronteira dos EUA foi de 5.404 em maio. No ano fiscal de 2022, que vai de outubro de 2021 a setembro de 2022, 38.624 brasileiros já foram impedidos de entrar no país de forma irregular.

Do total de brasileiros detidos no mês de maio, 1.525 eram adultos solteiros e 3.860 eram membros de grupos familiares, além de 17 menores desacompanhados. Em maio de 2021, quando ocorreram 7.476 apreensões, os números foram de 2.021 e 5.412, respectivamente. No ano passado, 58.059 brasileiros tentaram atravessar irregularmente a fronteira dos EUA.

Em maio, 273.309 pessoas tentaram entrar no país, do quais pelo menos 78.154 são do México, 21.527 são da Guatemala e 25.691 são de Cuba. Ao todo, pelo menos 1.753.754 pessoas tentaram entrar no país de forma irregular nos últimos 8 meses, sendo eles 570.462 cidadãos do México, 156.472 da Guatemala e 140.602 de Cuba.

De acordo com o CBP, pelo menos 1.956.519 pessoas foram apreendidas ao tentar entrar de forma irregular no país em todo o ano fiscal de 2021. Dentre os motivos que levam a números elevados de tentativas de entrada e deportações estão o início da pandemia, que motivou as expulsões por motivos de saúde pública, a crise econômica em diversos países da América Latina e a oferta de trabalho nos EUA.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
dezembro 2022
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados