Migrantes e refugiados venezuelanos são 6,8 milhões, diz R4V

Atualmente pelo menos 351 mil refugiados venezuelanos vivem no Brasil

De acordo com dados divulgados pela Plataforma de Coordenação Interagências para Refugiados e Migrantes da Venezuela (R4V), da ONU, em julho de 2022, existiam cerca de 6,8 milhões de migrantes e refugiados venezuelanos em todo o mundo.

Segundo os dados da R4V, pelo menos 5,09 milhões de migrantes e refugiados da Venezuela vivem hoje em países da América Latina e do Caribe, região em que estão concentrados os dados divulgados. No total, estima-se que 6.805.209 venezuelanos vivem fora do país.

As estatísticas divulgadas apontam a Colômbia como o país que mais tem refugiados venezuelanos (1,8 milhão), em segundo lugar está o Peru, (1,2 milhão), seguido por Equador (513 mil), Chile (448 mil) e Brasil (351 mil).

A R4V ainda estima, com base em dados de 2019, que pelo menos 465 mil venezuelanos estão refugiados nos Estados Unidos, estando incluídos na estimativa de cerca de 1,05 milhão de venezuelanos que vivem em países fora da América Latina e Caribe.

No Brasil, os venezuelanos são a população que mais realiza pedidos de refúgio. Em 2021, foram realizados no total 29,1 mil solicitações no país, das quais 22,8 mil eram de venezuelanos. O total de refugiados da Venezuela que vive hoje no Brasil corresponde a cerca de metade do total acolhido desde 2017.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
outubro 2022
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados