População da Alemanha bate recorde após aumento no número de imigrantes

Em 2022, a taxa líquida de imigração foi entre 1,42 e 1,45 milhões de pessoas, superando a taxa de mortalidade na Alemanha

A população da Alemanha atingiu um número recorde histórico em sua população em 2022: 84,3 milhões de habitantes. De acordo com as informações divulgadas pelo Departamento Federal de Estatísticas do país (Destatis) na quinta-feira, 19, o número foi impulsionado pelo aumento da imigração em 2022.

Segundo o Destatis, o crescimento populacional foi causado por uma imigração líquida recorde, que é calculada pelo número de pessoas que chegaram menos o número de pessoas que se mudaram para o exterior. De acordo com o Departamento, a taxa líquida de imigração ficou entre 1,42 e 1,45 milhão de pessoas em 2022.

Comparado ao ano de 2021, quando foram registrados 83,2 milhões de habitantes, a Alemanha terminou o ano de 2022 com 1,1 milhão de habitantes a mais, sendo 84,3 milhões no total. O número é o mais alto já registrado desde que começaram os registros da população, em 1950, quando o país tinha 68,7 milhões de habitantes.

Segundo o Destatis, a maioria dos imigrantes que chegaram à Alemanha em 2022 foram ucranianos fugindo da guerra da Rússia, que já gerou mais de 7,9 milhões de refugiados em toda a Europa. De acordo com o ACNUR, a Agência da ONU para os Refugiados, mais de 1 milhão de ucranianos estão refugiados no país.

Segundo o Departamento, em 2022 diminuiu o número de nascimentos no país, enquanto o de mortes aumentou. Estimativas apontam que entre 735 e 745 mil bebês nasceram em 2022, uma queda de 7%, e cerca de 1,06 milhão de pessoas morreram, 4% a mais que em 2021.

A chegada à Alemanha de imigrantes em idade produtiva, de 15 a 63 anos, compensou o envelhecimento da população e a baixa taxa de natalidade. Em 2022, a proporção geral de alemães em idade produtiva foi de 61,6%, enquanto a mesma taxa foi de 75,9% entre os migrantes no país.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
fevereiro 2023
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados