Quase 200.000 pessoas detidas na fronteira dos EUA em julho

Número total de detenções no ano fiscal de 2022 é de quase 2 milhões

De acordo com dados divulgados pela Patrulha de Fronteira dos EUA (CBP, na sigla em inglês) quase 200.000 pessoas foram detidas ao tentar atravessar a fronteira entre México e Estados Unidos no mês de julho. Em junho, foram 207.933 pessoas detidas na fronteira.

No total, 199.976 migrantes foram detidos no mês de julho, o número mais baixo desde fevereiro, quando foram registradas 165.095 detenções. Do total de apreensões, pelo menos 134.362 eram adultos que viajavam sozinhos, 52.040 eram membros de grupos familiares e pelo menos 13.299 eram menores desacompanhados.

Do total de pessoas apreendidas no mês passado, 5.498 eram brasileiros, maior número desde dezembro de 2021, quando foram registradas 7.926 prisões de brasileiros que tentaram entrar ilegalmente nos EUA pela fronteira com o México.

Somente no ano fiscal de 2022, que vai de outubro de 2021 à setembro de 2022, pelo menos 1.9 milhão de pessoas já foram apreendidas tentando cruzar a fronteira dos EUA de forma ilegal. Em todo o ano fiscal de 2021, pelo menos 1.7 milhão de pessoas foram apreendidas entrando no país ilegalmente.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
outubro 2022
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados