Quase 400 migrantes resgatados no mar em uma noite na Espanha

Em 2022, pelo menos 8.740 migrantes já chegaram na Espanha pelo mar

O serviço de Salvamento Marítimo da Espanha anunciou nessa sexta-feira, 12, o resgate de 392 pessoas durante a noite passada nas costas das Ilhas Canárias. Os migrantes estavam em oito embarcações e viajavam em condições precárias.

De acordo com o Salvamento Marítimo, entre as pessoas resgatadas estão uma criança e uma mulher grávida, que foram retiradas do mar por um helicóptero, depois de a embarcação em que viajavam ter virado, deixando seus oito ocupantes à deriva na água. De acordo com as autoridades espanholas, a criança está num estado considerado crítico.

Além das pessoas resgatadas, de acordo com as autoridades espanholas, outros 15 migrantes chegaram à ilha de Lanzarote, no arquipélago das Ilhas Canárias, durante a noite, depois de desembarcarem em uma praia por meios próprios.

Segundo dados do Ministério do Interior espanhol, pelo menos 8.740 migrantes chegaram no país pelas Ilhas Canárias no primeiro semestre de 2022. Desde o início do ano, pelo menos 311 pessoas morreram ou desapareceram na rota migratória do Atlântico tentando chegar até a Espanha, segundo dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM). Em 2021, foram 1.100 mortes ou desaparecimentos na mesma rota.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
outubro 2022
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados