Reunião Ampliada do Serviço de Animação Vocacional CNBB Sul 3

Aconteceu no Centro de Pastoral em Caxias do Sul, a reunião ampliada do Serviço de Animação Vocacional do Regional SUL III da CNBB/RS. No encontro estiveram presentes, representantes de 16 dioceses do RS, com suas delegações, representantes da CNIS (Conferência dos Institutos Seculares do RS) e da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil do RS).

O encontro aconteceu entre os dias 26 e 27 de setembro e contou com a assessoria de dois representantes da CMOVIC (Comissão para Ministérios Ordenados e Vida Consagrada da CNBB Nacional) Ir Maristela Ganassini- FSCJ, que assessorou a temática sobre o “Olhar sobre a realidade juvenil” e de Dom João Francisco Salm, bispo de Novo Hamburgo, o qual trouxe a reflexão sobre a “Antropologia da vocação sob as luzes do 3º Ano Vocacional no Brasil”. O ano vocacional terá início no dia 20/11/22 e encerrará 26/11/2023, com o tema: “Vocação: graça e missão” e o lema: “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24, 32-33).

Na oportunidade as províncias eclesiásticas efetuaram seu planejamento para 2023, tendo presente os eventos nacionais, regionais e diocesanos. Representando as Dioceses de Bagé/RS e Cruz Alta/RS, participaram as Irmãs Scalabrinianas Renata Biazibetti e Luciana Pitol, respectivamente.

De acordo com o coordenador do Serviço de Animação Vocacional/Pastoral Vocacional do Regional Sul 3, padre Lucas André Stein, a avaliação do encontro foi muito positiva. Ele destaca a importância de mobilizar padres, religiosos, religiosas, leigos e leigas para que o Ano Vocacional não seja marcado tão somente por eventos, mas que a pastoral orgânica e ordinária receba esse impulso da cultura vocacional.

Da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados