Scalabrini Santo

Um santo para os migrantes

Neste domingo, 9, foi canonizado pelo Papa Francisco São João Batista Scalabrini, fundador da Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo Scalabrinianas. Scalabrini foi beatificado em 9 de novembro de 1997 pelo Papa João Paulo II.

Durante a homilia, o Papa Francisco ressaltou: “É escandalosa a exclusão dos migrantes”, afirmando ser criminosa a forma como são excluídos da sociedade, recebidos de portas fechadas, e explorados como escravos, destacando, também, a situação do Mediterrâneo, considerado pelo pontífice como o maior cemitério do mundo, devido ao grande número de migrantes mortos durante sua travessia.

“Os dois santos hoje canonizados lembram-nos a importância de caminhar juntos e agradecer”, disse Francisco. Ele ressaltou que Scalabrini pedia ver, não apenas os problemas que vêm com as migrações, mas também um desígnio da Providência. “Precisamente por causa da migração forçada pelas perseguições, ele disse, a Igreja superou as fronteiras de Jerusalém e de Israel e tornou-se católica; graças às migrações de hoje, a Igreja será instrumento de paz e comunhão entre os povos.”, continuou o pontífice, citando uma fala de Scalabrini do ano de 1899.

Como a imigração na Europa nesse momento, sobretudo, que nos faz sofrer muito, e chega ao coração, a migração dos ucranianos que fogem da Guerra”, disse. “Scalabrini olhava mais adiante, para um mundo sem fronteiras, sem barreiras”, ressaltou o Papa. “Rezemos para que esses dois irmãos nos ajudem a caminhar juntos, sem muros de divisão, e a cultivar essa nobreza de alma tão agradável a Deus, que é a gratidão”, concluiu Francisco.

A notícia da canonização de Scalabrini foi recebida pela família Scalabriniana com grande alegria no dia 21 de maio, em meio às comemorações do Ano Scalabriniano, celebrado em memória ao 25º aniversário de sua beatificação. O Ano Scalabriniano teve início em 7 de novembro de 2021 e será encerrado no dia 9 de novembro de 2022.

João Batista Scalabrini
João Batista Scalabrini nasceu em Fino Mornasco, Itália, no dia 8 de julho de 1839. Estudou no seminário da diocese de Como e foi ordenado sacerdote em 1863. Em 1876, quando tinha apenas 36 anos, foi nomeado por Pio IX como bispo de Piacenza.

Scalabrini foi muito sensibilizado pelo êxodo da migração forçada no final do século XIX. Ele estudou as causas, realizou inúmeras conferências para solicitar a intervenção do governo e da sociedade civil e trabalhou para a reforma da legislação, tendo influenciado na criação de uma das primeiras leis italianas sobre a migração, promulgada em 1901.

Para servir os migrantes, ele fundou a Congregação dos Missionários de São Carlos (1887), das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo (1895) e uma associação leiga, a Sociedade de São Rafael (1889), ativa nos portos de embarque e desembarque. Além disso, ele também recomendou ao Papa a criação de uma Comissão central da Santa Sé para o cuidado de todos os migrantes.

João Batista Scalabrini faleceu em 1º de junho de 1905 e foi beatificado pelo Papa João Paulo II em 9 de novembro 1997.

Assista à Missa de Canonização de Scalabrini:

Confira imagens da participação das Irmãs:

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados