“Sem excluídos”, pede o Papa no Dia Mundial do Migrante e do Refugiado

A data é celebrada pela Igreja desde 1914

No domingo, 25, a Igreja celebrou o 108º Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, que teve como tema “Construir o futuro com os migrantes e os refugiados”. A data foi recordada pelo Papa Francisco ao final da missa celebrada em Matera, durante o encerramento do Congresso Eucarístico Nacional.

“Renovemos o compromisso para edificar o futuro segundo o desígnio de Deus: um futuro em que cada pessoa encontre o seu lugar e seja respeitada; em que os migrantes, os refugiados, os deslocados e as vítimas do tráfico humano possam viver em paz e com dignidade. Para que o Reino de Deus se realize com eles, sem excluídos”, disse Francisco na ocasião.

Em seu apelo, o Pontífice recordou que é graças aos migrantes que as comunidades podem crescer em nível social, econômico, cultural e espiritual, ressaltando que a partilha das diversas tradições é fonte de enriquecimento para o Povo de Deus. “Os migrantes devem ser acolhidos, acompanhados, promovidos e integrados”, disse o Papa, que pediu a construção de um futuro mais inclusivo e fraterno.

O Dia Mundial do Migrante e do Refugiado é celebrado desde 1914, no último domingo do mês de setembro. A celebração tem o objetivo de sensibilizar a sociedade acerca da realidade da migração e do refúgio no mundo todo.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados