Seminário Migração e Refúgio na Pauta das Políticas Públicas

Aconteceu na sexta-feira, 24, o seminário Migração e Refúgio na Pauta das Políticas Públicas, em Boa Vista, Roraima. O evento foi realizado pela Articulação dos Serviços aos Migrantes e Refugiados, formada por organizações da sociedade civil integradas à Diocese de Roraima e aconteceu com o objetivo de estabelecer diálogos sobre a criação de políticas públicas na temática migratória no Estado de Roraima.

No evento, as Irmãs Scalabrinianas tiveram o trabalho representado na mesa de abertura pelo colaborador Adriano Pistorelo, que falou sobre a experiência na construção e implantação das políticas públicas para migrantes e refugiados na relação poder público e sociedade civil a partir da experiência de Caxias do Sul.

Durante a fala, foi possível destacar a qualidade do trabalho e as boas práticas realizadas pela Congregação e pelo CAM (Centro de Atendimento ao Migrante), no extremo norte do Brasil. Além disso, o evento possibilitou o fortalecimento do protagonismo nacional da Congregação, em incidência política e na construção de políticas públicas voltadas à população migrante.

No evento, foi confirmada a intenção da Congregação de realizar apoio à rede local de assistência aos migrantes e refugiados, no fomento a construção de políticas públicas, com a realização de formações e capacitações no âmbito do Formigra. Além disso, foram estreitadas possibilidades de formalização de novas parcerias com atores na realidade migratória, como a UFRR.

Além disso, durante a estadia em Boa Vista, o colaborador pôde conhecer os abrigos temporários da operação acolhida, além da visualização da situação de rua em que muitos migrantes venezuelanos se encontram. Além disso, foi possível conhecer o projeto Orinoco, o projeto Mexendo a Panela e, também, realizar uma visita ao Posto de Recepção e Apoio – PRA.

No domingo, após uma missa ministrada em espanhol, na qual estavam migrantes e brasileiros, o grupo de jovens da Pastoral do Migrante, realizou uma apresentação, envolvendo dança e teatro, em um momento de integração cultural. Ainda, ocorreu a apresentação do coral infantil MUSIVERR, com integração entre as crianças venezuelanas e brasileiras.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual com a colaboração de Adriano Pistorelo

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados