Um milhão de pessoas estão deslocadas pela seca na Somália

A Somália é o segundo país do mundo com maior vulnerabilidade climática, segundo dados de 2019

Desde janeiro de 2021, pelo menos 1 milhão de pessoas já foram deslocadas pela seca na Somália, de acordo com a Agência da ONU para os Refugiados (ACNUR) e o Conselho Norueguês para os refugiados (NRC, na sigla em inglês). Somente em 2022, pelo menos 755.000 pessoas já se deslocaram internamente no país.

O marco de 1 milhão de pessoas deslocadas é um grande alarme para a Somália, afirma Mohamed Abdi, Diretor Nacional do NRC na Somália. De acordo com ele, “a fome agora assombra todo o país”, ao passo que mais famílias são forçadas a deixar suas casas em busca de comida e água.

De acordo com Magatte Guisse, representante do ACNUR na Somália, “as comunidades vulneráveis são as mais atingidas pelos efeitos da crise climática”, o que, segundo ele, as deixa desprotegidas e mais suscetíveis ao deslocamento. A Somália é o segundo país do mundo com maior vulnerabilidade climática, com base em dados de 2019, de acordo com o ranking global de adaptação da Universidade de Notre Dame.

A Somália enfrenta uma seca histórica de dois anos – o que não era visto há mais de 40 anos. Acredita-se que o número de pessoas que enfrentam a fome suba de cerca de 5 milhões para mais de 7 milhões nos próximos meses, impulsionada pelos efeitos das mudanças climáticas e o aumento de preços devido à guerra na Ucrânia.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
outubro 2022
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados